Breves considerações sobre o Estado-providência Keynesiano e a filosofia social em Keynes

ID:
21316
Resumo:
O propósito do presente trabalho é a realização de uma abordagem geral do Estado-providência na sua versão keynesiana e da filosofia social presente na obra de Keynes, especialmente na Teoria Geral. O ponto de partida é a recuperação do quadro histórico que se constituiu em base material à emergência de um “estado de compromissos” na sociedade que forjou esta nova versão do Estado-providência. Em seguida, são enfocadas duas visões sobre o Estado-providência, sendo uma de natureza eminentemente econômica e uma outra de cunho mais filosófico e político. Em seguida, é empreendida uma abordagem sucinta sobre a filosofia social de Keynes, a partir do seu artigo “O fim do laissez-faire” e do capítulo vinte e quatro da sua Teoria Geral, intitulado “Notas finais sobre a filosofia social a que poderia levar a Teoria Geral”. Na verdade, apresentar estes dois textos significa enfocar, embora em linhas gerais, a concepção keynesiana de reforma do capitalismo. Por último, são apresentadas as considerações finais.
Citação ABNT:
SILVA, M. G.Breves considerações sobre o Estado-providência Keynesiano e a filosofia social em Keynes. Interface - Revista do Centro de Ciências Sociais Aplicadas, v. 2, n. 1, p. 9-25, 2005.
Citação APA:
Silva, M. G.(2005). Breves considerações sobre o Estado-providência Keynesiano e a filosofia social em Keynes. Interface - Revista do Centro de Ciências Sociais Aplicadas, 2(1), 9-25.
Link Permanente:
http://spell.org.br/documentos/ver/21316/breves-consideracoes-sobre-o-estado-providencia-keynesiano-e-a-filosofia-social-em-keynes/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português