Disfunções dos sistemas de controle: o caso do The New York Times

ID:
21319
Resumo:
No ambiente atual de negócios, onde o nível de formação e capacitação pessoal apresentam-se cada vez maiores, a dependência das organizações de seu pessoal é cada vez mais evidente. Assim, é necessário que o comportamento de cada empregado esteja em congruência com os objetivos da companhia. É na busca por essa congruência que surgem os sistemas de controle gerenciais que têm por finalidade delimitar quais comportamentos são considerados desejáveis ou indesejáveis. Tais controles podem e devem ser considerados como um fator crítico para o sucesso de toda e qualquer organização. Mas nem sempre os controles abrangem todas as possíveis ocorrências de desvios ou até induzem a tais condutas indesejáveis por parte das pessoas. É nesse contexto que este artigo foi elaborado. Buscou-se através de um estudo de caso, contextualizar essas “disfunções” dos sistemas de controles gerenciais. O caso apresentado é o do jornal norte-americano The New York Times, que teve um de seus mais jovens e promissores jornalistas acusado de desvios de conduta, plagiando e inventando matérias jornalísticas.
Citação ABNT:
FERNANDES, L. P.Disfunções dos sistemas de controle: o caso do The New York Times. Interface - Revista do Centro de Ciências Sociais Aplicadas, v. 2, n. 1, p. 59-74, 2005.
Citação APA:
Fernandes, L. P.(2005). Disfunções dos sistemas de controle: o caso do The New York Times. Interface - Revista do Centro de Ciências Sociais Aplicadas, 2(1), 59-74.
Link Permanente:
http://spell.org.br/documentos/ver/21319/disfuncoes-dos-sistemas-de-controle--o-caso-do-the-new-york-times/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português