Assimetria de informação na negociação de ações, características econômico-financeiras e governança corporativa no mercado acionário brasileiro Outros Idiomas

ID:
30691
Resumo:
Este estudo buscou investigar as relações existentes entre a assimetria de informação na negociação de ações, as características econômico-financeiras e a governança corporativa das empresas abertasno mercado acionário brasileiro nos anos de 2010 e 2011.Para isso,o estudo se apoiou em um referencial teórico acerca da assimetria de informação no mercado de capitais para mensurar sua magnitude a partir dos dados intradiários de negociação das ações de 194 empresas. Os principais resultados apontaram que a assimetria informacional na negociaçãodas ações esteve relacionada de forma positiva com orisco, o retorno ea liquidez das ações, além do custo de capital próprio e do tamanho das firmas. Por outro lado, esteve negativamente relacionada como retorno anormal dasações. No período investigado, as relaçõesda assimetria de informaçãocom a liquidez e o tamanho (positivas) e com o retorno anormal (negativa) seapresentaram em desacordo com pesquisas anteriores. As justificativas para esses resultados podem estar ligadas aos aspectos particulares do mercado brasileiro. No caso do retorno anormal, a desaceleração do Índice Bovespa(Ibovespa) ou o reflexo do retorno médio para os negociadores sem informação privilegiada no período. No caso da liquidez e do tamanho, o alto índice de emissão e negociação de ações preferenciais.Dessa forma, esta pesquisa contribui para a análise das características idiossincráticas do mercado de capitaisde umpaís emergente, como a assimetria de informação existente na negociação de ações e sua associação com as características econômico-financeiras e a governança corporativa das firmas no mercado acionário brasileiro.
Citação ABNT:
MARTINS, O. S.; PAULO, E. Assimetria de informação na negociação de ações, características econômico-financeiras e governança corporativa no mercado acionário brasileiro. Revista Contabilidade & Finanças - USP, v. 25, n. 64, p. 0-45, 2014.
Citação APA:
Martins, O. S., & Paulo, E. (2014). Assimetria de informação na negociação de ações, características econômico-financeiras e governança corporativa no mercado acionário brasileiro. Revista Contabilidade & Finanças - USP, 25(64), 0-45.
DOI:
http://dx.doi.org/10.1590/S1519-70772014
Link Permanente:
http://spell.org.br/documentos/ver/30691/assimetria-de-informacao-na-negociacao-de-acoes--caracteristicas-economico-financeiras-e-governanca-corporativa-no-mercado-acionario-brasileiro/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
Abad, D.; & Rubia, A. (2005). Modelos de estimación de la probabilidad de negociación informada: una comparación metodológica en el mercado Español. Revista de Economía Financeira, v. 7, 1-37.

Aboody, D.; Hughes, J.; & Liu, J. (2005). Earnings quality, insider trading, and cost of capital. Journal of Accounting Research, 43(5), 651-673.

Agarwal, P.; & O’Hara, M. (2007). Information risk and capital structure. SSRN Working Paper, 1-61. Recuperado em 21 setembro, 2010, de http://papers.ssrn.com/sol3/papers.cfm?abstract_id=939663.

Akerlof, G. A. (1970). The market for ‘lemons’: quality uncertainty and the market mechanism. Quarterly Journal of Economics, 84(3), 488-500.

Aktas, N.; Bodt, E.; Declerck, F.; & Oppens, H. V. (2007). The PIN anomaly around M&A announcements. Journal of Financial Markets, 10(2), 169-191.

Albanez, T.; & Valle, M. R. (2009). Impactos da assimetria de informação na estrutura de capital de empresas abertas. Revista Contabilidade & Finanças, 20(51), 6-27.

Alberton, A.; Moletta, A. M. C.; & Marcon, R. (2011). Os níveis diferenciados de governança corporativa blindam as firmas contra crises financeiras? Pensar Contábil, 13(51), 56-64.

Amihud, Y.; & Mendelson, H. (1989). The effects of beta, bid-ask spread, residual risk, and size on stock returns. The Journal of Finance, 44(2), 479-486.

Aslan, H.; Easley, D.; Hvidkjaer, S.; & O’Hara, M. (2011). The characteristics of informed trading: implications for asset pricing. Journal of Empirical Finance, 18, 782-801.

Barbedo, C. H.; Silva, E. C.; & Leal, R. P. C. (2009). Probabilidade de informação privilegiada no mercado de ações, liquidez intra-diária e níveis de governança corporativa. Revista Brasileira de Economia, 63(1), 51-62.

Bopp, E. (2003). Negociação com informação diferenciada em ADR’s da América Latina. Dissertação de mestrado, Fundação Getúlio Vargas, Rio de Janeiro, RJ, Brasil.

Brockman, P.; & Chung, D. Y. (2008). Investor protection, adverse selection, and the probability informed trading. Review of Quantitative Finance and Accounting, 30, 111-131.

Brooks, C. (2008). Introductory econometrics for finance. Cambridge: University Press.

Brown, S.; Hillegeist, S. A.; & Lo, K. (2008). The effect of earnings surprises on information asymmetry. Journal of Accounting and Economics, 47(3), 208-225.

Burgstahler, D. C.; Hail, L.; & Leuz, C. (2006). The importance of reporting incentives: earnings management in European private and public firms. The Accounting Review, 81(5), 983-1016.

Camargos, M. A.; & Barbosa, F. V. (2003). Teoria e evidência da eficiência informacional do mercado de capitais brasileiro. Caderno de Pesquisas em Administração, 10(1), 41-55.

Carvalho, A. G. (2002). Governança corporativa no Brasil em perspectiva. Revista de Administração da USP, 37(3), 19-32.

Chen, K. C. W.; Chen, Z.; & Wei, K. C. J. (2009). Legal protection of investors, corporate governance, and the cost of equity capital. Journal of Corporate Governance, 15(3), 273-289.

Clarke, J.; & Shastri, K. (2000). On information asymmetry metrics. SSRN Working Paper. Recuperado em 14 setembro, 2011, de http://papers.ssrn.com/sol3/papers.cfm?abstract_id=251938.

Cohen, L.; Malloy, C.; & Pomorski, L. (2012). Decoding insider information. The Journal of Finance, 67(3), 1009-1043.

Cruces, J. J.; & Kawamura, E. (2005). Insider trading and corporate governance in Latin America. Research Network Working Paper, R-513, Inter-American Development Bank.

Denardin, A. A. (2007). Assimetria de informação, intermediação financeira e o mecanismo de transmissão da política monetária: evidências teóricas e empíricas para o canal do empréstimo bancário no Brasil(1995-2006). Tese de doutorado, Faculdade de Ciências Econômicas, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS, Brasil.

Duarte, J.; & Young, L. (2009). Why is PIN priced? Journal of Financial Economics, 91(2), 119-138.

Easley, D.; Hvidkjaer, S.; & O’Hara, M. (2002). Is information risk determinant of asset returns? The Journal of Finance, 57(5), 2185-2221.

Easley, D.; Hvidkjaer, S.; & O’Hara, M. (2010). Factoring information into returns. Journal of Financial and Quantitative Analysis, 45(2), 293-309.

Easley, D.; Kiefer, N. M.; & O’Hara, M. (1997a). One day in the life of a very common stock. Review of Financial Studies, 10(3), 805-835.

Easley, D.; Kiefer, N. M.; & O’Hara, M. (1997b). The information content of the trading process. Journal of Empirical Finance, 4(2-3), 159-186.

Easley, D.; Kiefer, N. M.; O’Hara, M.; & Paperman, J. B. (1996). Liquidity, information and infrequently traded stocks. The Journal of Finance, 51(4), 1405-1436.

Easley, D.; & O’Hara, M. (2004). Information and the cost of capital. The Journal of Finance, 59(4), 1553-1583.

Fama, E. F. (1970). Efficient capital markets: a review of theory and empirical work. The Journal of Finance, 25(2), 383-417.

Fama, E. F. (1991). Efficient capital markets: II. The Journal of Finance, 46(5), 1575-1617.

Fávero, L. P. L. (2013). Dados em painel em contabilidade e finanças: teoria e aplicação. Brazilian Business Review, 10(1), 131-156.

Fu, R.; Kraft, A.; & Zhang, H. (2012). Financial reporting frequency, information asymmetry, and the cost of equity. Journal of Accounting and Economics, 54(2-3), 132-149.

Halov, N.; & Heider, F. (2011). Capital structure, risk and asymmetric information. Quarterly Journal of Finance, 1(4), 767-809.

Heidle, H. G.; & Huang, R. D. (2002). Information-based trading in dealer and auction markets: an analysis of exchange listings. Journal of Financial and Quantitative Analysis, 37(3), 391-424.

Hwang, L. S.; Lee, W. J.; Lim, S. Y.; & Park, K. H. (2013). Does information risk affect the implied cost of equity capital? An analysis of PIN and adjusted PIN. Journal of Accounting and Economics, 55(2-3), 148-167.

Iquiapaza, R. A.; Lamounier, W. M.; & Amaral, H. F. (2008). Assimetria de informações e pagamento de dividendos na Bovespa. Advances in Scientific and Applied Accounting, 1(1),1-15.

Jensen, M. C.; & Meckling, W. H. (1976). Theory of the firm: managerial behavior, agency costs and ownership structure. Journal of Financial Economics, 3(4), 305-360.

Lee, C. M. C.; & Radhakrishna, B. (2000). Inferring investor behavior: evidence from TORQ data. Journal of Financial Markets, 3(2), 83-111.

Lee, C. M. C.; & Ready, M. J. (1991). Inferring trade direction from intraday data. The Journal of Finance, 46(2), 733-746.

Leland, H. E.; & Pyle, D. H. (1977). Information asymmetries, financial structure, and financial intermediation. The Journal of Finance, 32(2), 371-387.

McLaughlin, R.; Safieddine, A.; & Vasudevan, G. K. (1998). The information content of corporate offerings of seasoned securities: an empirical analysis. Financial Management, 27(2), 31-45.

Myers, S. C.; & Majluf, N. S. (1984). Corporate financing and investment decisions when firms have information that investors do not have. Journal of Financial Economics, 13(2), 187-221.

Silva, E. C. (2009). Dois ensaios sobre microestrutura de mercado e probabilidade de informação privilegiada no mercado de ações brasileiro. Tese de doutorado, Instituto COPPEAD de Administração, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, RJ, Brasil.

Thevenot, M. (2012). The factors affecting illegal insider trading in firms with violations of GAAP. Journal of Accounting and Economics, 53(2-3), 375-390.

Vieira, S. P.; & Mendes, A. G. S. T. (2006). Governança corporativa: uma análise de sua evolução e impactos no mercado de capitais brasileiro. Organizações em Contexto, 2(3), 48-67.