O processo de formulação e implementação das estratégias a partir da percepção de seus reitores: estudo multicasos nas universidades de Santa Catarina Outros Idiomas

ID:
33815
Resumo:
O artigo tem como objetivo avaliar a contribuição da liderança na formulação e implementação da estratégia nas Instituições de Ensino Superior do Sistema de Ensino de Santa Catarina. O embasamento teórico utilizado para nortear a pesquisa, em relação a planejamento estratégico, reuniu autores como Ansoff (1991) e Pereira (2010), em relação à estratégia, foi fundamentado por autores como Mintzberg, Ahlstrand e Lampel (2010), Mintzberg, Lampel, Quinn e Ghoshal (2006) e no que diz respeito a liderança organizacional os principais autores foram Northouse (2012), Tanure (2011), Van Vugt et al (2004). A pesquisa se caracteriza como um estudo de multicasos de caráter qualitativo, descritivo e aplicado, e utiliza entrevista semiestruturada como instrumento de coleta de dados. Como resultado desse estudo, pode-se concluir que a liderança contribui e influencia diretamente no processo de formulação e implementação da estratégia nas Instituições de Ensino Superior pesquisadas para alcançar seus objetivos institucionais.
Citação ABNT:
RIZZATTI, G.; PEREIRA, M. F. O processo de formulação e implementação das estratégias a partir da percepção de seus reitores: estudo multicasos nas universidades de Santa Catarina . Revista Gestão & Planejamento, v. 15, n. 2, p. 166-189, 2014.
Citação APA:
Rizzatti, G., & Pereira, M. F. (2014). O processo de formulação e implementação das estratégias a partir da percepção de seus reitores: estudo multicasos nas universidades de Santa Catarina . Revista Gestão & Planejamento, 15(2), 166-189.
Link Permanente:
http://spell.org.br/documentos/ver/33815/o-processo-de-formulacao-e-implementacao-das-estrategias-a-partir-da-percepcao-de-seus-reitores--estudo-multicasos-nas-universidades-de-santa-catarina--/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
ANSOFF, H. I.;McDONNELL, E. Implantando a Administração Estratégica. São Paulo: Editora Atlas, 1993.

ANSOFF, I. A nova estratégia empresarial. São Paulo: Atlas, 1991.

ARRUDA, Â. M. F.; CHRISÓSTOMO, E.; RIOS, S. S. A Importância da Liderança nas Organizações. Revista Razão Contábil & Finanças, v.1, n. 1, 2010.

BENNIS, W. Prefácio. In: ______.Líderes e liderança: entrevistas com lideranças empresariais e políticas dos Estados Unidos, Japão e Europa. Tradução de Luiz Euclydes Trindade Frazão Filho. Rio de Janeiro: Campus, 1997.

BOSSIDY, L. A receita da execução. HSM Management, v. 4. n. 51,ano 9, p. 40-44, jul./ago. 2005.

BOSSIDY, L., CHARAM, R. Desafio: fazer acontecer, a disciplina de execução nos negócios. 3. ed. Rio de Janeiro: Negócio Editora, 2002.

BRAGA, R.; MONTEIRO, C.. Planejamento estratégico sistêmico para instituições de ensino. São Paulo: Hopper, 2005.

BRASIL. BRASIL. Sistema Acafe. Disponível em: . Acesso em: 12 maio 2014.

BURNS, J.M. Leadership. New York: Harper, 1978.

CARVALHO, H. M. de. Introdução à Teoria do Planejamento. 2. ed. Brasília: Ed. Brasiliense, 1979.

CHANDLER, A. D. Jr. Strategy and structure: chapters in the history of the american industrial enterprise. Canbridge: Mitpress, 1990.

FISCHMANN, A. A.; ALMEIDA, M. I. R. Planejamento estratégico na prática. São Paulo: Editora Atlas, 2009.

FRANZON, F.; OLIVEIRA, D.; LAVARDA, R. A. B. Atuação do gerente intermediário no processo de formulação e implantação da estratégia: um estudo de caso. Revista Brasileira de Administração CientíficaRAC, v. 3 , n. 3, 2012.

GOLEMAN, Daniel. Liderança que obtém resultados. HSM Expomanagement, p. 29-48. nov. 2003.

GOMES, O. da F.; GOMIDE, T. R.; GOMES, M. Â. do N.; ARAUJO, D. C. de; MARTINS, S.; FARONI, W. Sentidos e implicações da gestão universitária para os gestores universitários. Revista GUAL, Florianópolis, v. 6, n. 4, p. 234-255, Edição Especial. 2013. Disponível em: . Acesso em: 2 jun. 2014.

HARDY, C.; FACHIN, R. Gestão estratégica na universidade brasileira: teoria e casos. Porto Alegre: UFRGS, 1996.

HREBINIAK, L.G. Fazendo a estratégia funcionar:o caminho para uma execução bem-sucedida. Rio Grande doSul: Bookman, 2006.

KAPLAN, S.; BEINHOCKERE, E.D. Os heróis do planejamento estratégico. HSM Management, n. 40, ano 7, p. 40-45, set./out. 2003.

KATZ, D.; KAHN, R. Psicologia social das organizações. São Paulo: Atlas, 1975.

KICH, J.; PEREIRA, M. F. Planejamento estratégico: os pressupostos básicos para uma implantação eficaz. São Paulo: Atlas, 2011. (v .2),

MAXIMINIANO, A.C.A. Introdução a Administração. 8. ed. São Paulo: Atlas, 2011.

McGREGOR, D.O lado humano da empresa. São Paulo: Martins Fontes, 1992.

MEYER JR, V. Enfrentando as crises: competição e estratégias. In: Liderança e gestão da educação superior católica nas Américas. Curitiba: Champagnat, 2007.

MEYER JR, V.; MUGNOL, G. Competição e estratégias no contexto das instituições de ensino superior privadas. Revista Diálogo educacional, Curitiba, v. 4, n. 11, p. 153-65, jan./abr., 2004.

MEYER JR, V.; MURPHY, P. (Org). Introdução. In: ______Dinossauros, Gazelas e tigres. Novas Abordagens da Administração Universitária. Um diálogo Brasil e EUA. Florianópolis: Insular. p.11-15, 2000.

MEYER JR, V. Novo contexto e as Habilidades do Administrador Universitário. In: MEYER JR, V.; MURPHY, P. (Org). Dinossauros, Gazelas e tigres. Novas Abordagens da Administração Universitária. Um diálogo Brasil e EUA. Florianópolis: Insular, 2000. p. 139-158

MEYER JR., V. Planejamento universitário ato racional, político ou simbólico: um estudo de universidades brasileiras. In: ENCONTRO DA ANPAD, 28., 2004, Curitiba. Anais... Curitiba: EnANPAD, 2004.

MINTZBERG, H.; AHLSTRAND, B; LAMPEL, Joseph. In: MURPHY, J. Patrick; MEYER Jr. Victor (Orgs.). Safári de estratégia: um roteiro peia selva do planejamento estratégico. 2. ed. Porto Alegre: Bookman, 2010.

MINTZBERG, H., LAMPEL, J.;QUINN, J. B.; GHOSHAL, S.O Processo da Estratégia: conceitos, contextos e casos selecionados. Trad. Luciana de Oliveira da Rocha. 4.ed. Porto Alegre: Bookman, 2006.

NORTHOUSE, P. G. Leadership: Theory and Practice. 6. ed. Thousand Oaks: Sage Publications, 2012.

PEREIRA, M. F.; OENING, K. S.. Formação da estratégia em condições de elevada influencia governamental: uma analise longitudinal da Fundação de Apoio á Pesquisa Cientifica e Tecnológica do Estado de Santa CatarinaFAPESC. 2007. IN: FERREIRA, M. P.; PEREIRA, M. F.; SERRA, F. A. R.; MORITZ, G. de O. Estratégia em diferentes contextos empresariais: fundamentos, modelos e perspectivas. São Paulo: Atlas, 2010.

PEREIRA, M.F. Planejamento Estratégico: teorias, modelos e processos. São Paulo: Atlas, 2010.

SANTANA, L. L.e S.; CUNHA, N. R. da S.; OLIVEIRA, A. R. de; MOURA, L. R. C.. GESTÃO UNIVERSITÁRIA:a liderança em foco. 2010. In: COLÓQUIO SOBRE GESTÃO UNIVERSITÁRIA EM AMERICA DO SUL, 11., 2010, Mar del plata. Anais... Mar del plata , 8, 9 e 10 de dezembro de 2010.

SILVA, A. A. da; LEPSCH, S. L. A participação do nível operacional no processo de formulação de estratégias. REBRAE. Revista Brasileira de Estratégia, Curitiba, v. 3, n. 2, p. 181-194, maio/ago. 2010.

TANURE, B.. O líder transformador para valer. HSM Management, n.87, p-29-39, jul/ago, 2011.

THOMPSON JR, Arthur; STRICKLAND III, Alonso J. Strategic management: concepts and cases. 6. ed. Boston: Irwir, 1992.

TRIVIÑOS, A. N. S. Introdução à pesquisa em ciências sociais: a pesquisa qualitativa em educação. São Paulo: Atlas, 1987.

ULRICH, D. Credibilidade x Competência. In: DRUCKER, P. F. O Líder do futuro. 9. ed. São Paulo: Futura, 2001.

VAN VUGT, M.; JEPSON, S. F.; HART, C. M. e DE CREMER, D. Autocratic leadership in social dilemmas: a threat to group stability. Journal of Experimental Social Psychology, 40, p. 1–13, 2004.

VERGARA, S.C. Projetos e relatórios de pesquisa em administração. São Paulo: Atlas, 1997.

WELCH, J. Paixão por vencer: a bíblia do sucesso. HSM Expomanagement, p. 33-42. nov./dez. 2009.