Comparação entre métodos para avaliação de empresas Outros Idiomas

ID:
34273
Resumo:
O objetivo deste trabalho consiste em analisar comparativamente os modelos de avaliação mais utilizados para calcular o valor venal justo de um negócio. Isso porque as reorganizações societárias tornaram-se frequentes nas últimas décadas, implicando muitas vezes redefinição de frações ou totalidades de empreendimentos. Para que tais negociações sejam possíveis, é necessário identificar o valor justo das partes envolvidas. Há diversos modelos de avaliação de empresas, e deles destacamse os do valor contábil, baseado no balanço patrimonial e do fluxo de caixa descontado. O trabalho é desenvolvido com base em investigação bibliográfica para identificar os modelos mais utilizados e fundamentar os conceitos abordados. Utiliza-se também a pesquisa documental para obter os dados necessários para análise e aplicação dos modelos de avaliação em uma situação real e com transação de venda concluída, permitindo comparar os resultados com o valor da negociação. Os resultados do estudo apresentam diferenças significativas entre os resultados dos modelos de avaliação empresarial e o valor de venda aceito pelo mercado, apesar de a literatura indicar que o valor final da empresa independe do modelo escolhido.
Citação ABNT:
SCHNORRENBERGER, D.; AMBROS, M. G.; GASPARETTO, V.; LUNKES, R. J. Comparação entre métodos para avaliação de empresas . NAVUS - Revista de Gestão e Tecnologia, v. 5, n. 1, p. 79-92, 2015.
Citação APA:
Schnorrenberger, D., Ambros, M. G., Gasparetto, V., & Lunkes, R. J. (2015). Comparação entre métodos para avaliação de empresas . NAVUS - Revista de Gestão e Tecnologia, 5(1), 79-92.
Link Permanente:
http://spell.org.br/documentos/ver/34273/comparacao-entre-metodos-para-avaliacao-de-empresas-/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
ALMEIDA, José Elias Feres de et al. Análise dos Modelos de Avaliação Residual IncomeValuation, Abnormal EarningsGrowth e Fluxo de Caixa Descontado Aplicado às Ofertas Públicas de Aquisição de Ações no Brasil. Revista de Contabilidade e Organizações, São Paulo, v. 6, n. 16, p. 3-19, nov. 2012.

AMARAL, A. C. do. Metodologias de avaliação de empresas: teoria e prática. Revista Integração, São Paulo, ano XV, n. 56, p. 7-12, jan./mar. 2009. Disponível em: . Acesso em: 6 jan. 2014.

ASSAF NETO, Alexandre. Finanças Corporativas e Valor. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2010.

ASSAF NETO, Alexandre; LIMA, Fabiano Guasti; ARAÚJO, Adriana Maria Procópio de. Uma proposta metodológica para o cálculo do custo de capital no Brasil. Revista de Administração, São Paulo, v. 43, n. 1, p. 72-83, mar. 2008.

BARRETO, A. C. P. M. Avaliação econômica financeira de marcas: um estudo de caso sob a perspectiva do modelo de fluxo de caixa descontado. Dissertação (Mestrado em Administração) – Universidade de São Paulo, São Paulo, 1999.

BRASIL. BANCO CENTRAL DO BRASIL. Focus: Relatório de Mercado. [2013]. Disponível em: . Acesso em: 2 jan. 2013.

BREALLEY, R. A.; MYERS, S. C. Principles of corporate finance. 5. ed. New York: McGraw-Hill, 2000.

BRIGHAM, E. F.; GAPENSKI, L. C.; EHRHARDT, M. C. Administração financeira: teoria e prática. São Paulo: Atlas, 2001.

CERBASI, Gustavo Petrasunas. Metodologias para determinação do valor das empresas: uma aplicação no setor de geração de energia elétrica. Dissertação (Mestrado em Administração) – Universidade de São Paulo, São Paulo, 2003.

COPELAND, Tom; KOLLER, Tim; MURRIN, Jack. Avaliação de empresas valuation: calculando e gerenciando o valor das empresas. São Paulo: Makron Books, 2002.

CORNELL, B. Corporate Valuation: Tools for Effective Appraisal and Decision Making. New York: Business One Irwin, 1993.

CUNHA, Darliane Ribeiro; LAPEÑA, Jose Angel Anson. Análisis de los modelos de valoración utilizados em la práctica: Un estúdio con auditores independientes brasileños. Revista Universo Contábil, Blumenau, v. 3, n. 3, p. 123-138, dez. 2007.

DAMODARAN, Aswath. Avaliação de Investimentos: Ferramentas e Técnicas para a Determinação do Valor de Qualquer Ativo. 2. ed. Rio de Janeiro: Qualitymark, 2009.

DUARTE, Sérgio Lemos; GOMES, Thiago Simões; RIBEIRO, Karem Cristina de Sousa. Avaliação Empresarial Contábil: Uma análise no setor sucroalcooleiro. Revista Razão Contábil & Finanças, Fortaleza, v. 3, n. 2, p. 76-90, dez. 2012.

FAIRFIELD, Patricia M. P/E, P/B and the present value of future dividends. Financial Analysts Journal, New York. v. 50, n. 4, p. 23-31, jul./ago. 1994.

FERNANDEZ, Pablo. Company valuation methods: The most common errors in valuation. Madrid: IESE Business School, 2001.

GALDI, Fernando Caio; TEIXEIRA, Aridelmo José Campanharo; LOPES, Alexsandro Broedel. Análise Empírica de Modelos de Valuation no Ambiente Brasileiro: fluxo de caixa descontado versus modelo de Ohlson (RIV). Revista Contabilidade e Finanças, São Paulo, v. 19, n. 47, p. 31-43, ago. 2008.

GOULART, Marselle. Como encontrar o valor de uma empresa: um enfoque teórico sobre os modelos de avaliação. Revista do Conselho Regional de Contabilidade do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, n. 98, p. 56-66, out. 1999.

HELFERT, Erich A. Técnicas de Análise Financeira. Porto Alegre: Bookman, 2000.

KAPLAN, Steven N.; RUBACK, Richard S. The valuation of cash flow forecasts: an empirical analysis. Journal of Finance, Salt Lake City, Utah, v. 50, n. 4, p. 1059-1093, Sept. 1995.

KOBORI, José. Análise Fundamentalista: como obter uma performance superior e consistente no mercado de ações. Rio de Janeiro: Elsevier, 2011.

LEMME, Celso Funcia. Revisão dos modelos de avaliação de empresas e suas aplicações nas práticas de mercado. Revista de Administração, São Paulo, v. 36, n. 2, p. 117-124, jun. 2001.

LIMA M. V. A. et al. Avaliação de Micro e Pequenas Empresas Utilizando a Metodologia Multicritério e o Método do Fluxo de Caixa Descontado. Revista de Ciências da Administração, Santa Catarina, v. 12, n. 26, p. 48-71, jan./abr. 2010.

LUEHRMAN, T. A. Using APV: A Better Tool for Valuing Operations. Harvard Business Review, Cambridge, p. 145-154, maio/jun. 1997.

MARTELANC, R. et al. Utilização de Metodologias de Avaliação de empresas: Resultados de uma pesquisa no Brasil. I. In: Assembléia Anual Cladea, 34., 2005, São Paulo. Anais... São Paulo: USP, 2005. Disponível em: . Acesso em: 25 nov. 2014.

MARTELANC, R.; PASIN, R.; PEREIRA, F. Avaliação de empresas: um guia para fusões & aquisições e private equity. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2010.

MARTINS, E.; ASSAF NETO, A. Avaliação de Empresas: da mensuração contábil à econômica, Cadernos de Estudos FIPECAFI. FIPECAFI, São Paulo, n. 24, p. 28-37, jul./dez. 2000.

MARTINS, Eliseu. Avaliação de empresas: da mensuração contábil à econômica. Caderno de Estudos FIPECAFI, São Paulo, v. 13, n. 24, p. 28-37, 2000.

MARTINS, Eliseu. Avaliando a empresa (I). IOB, São Paulo, Boletim 10/98, 1998. Temática Contábil, p. 1-6.

MENDOZA, Barry Cuellar. Gestão do valor nas empresas num contexto de risco: estudo de caso de uma empresa do setor não cíclico de alimentos da Bovespa. Dissertação (Mestrado em Administração) – Universidade de São Paulo, São Paulo, 2008.

MIRANDA, G. J.; REIS, E. A. dos; LEMES, S. Valor de Empresas: uma abordagem do fluxo de caixa descontado. Contabilidade Vista & Revista, Belo Horizonte, v. 17, n. 3, p. 45-65, jul./set. 2006.

OTTOSSON, E.; WEISSENRIEDER, F. Cash Value Added a new method for measuring financial performance. [1996]. Disponível em: . Acesso em: 8 dez. 2014.

PENMAN, S. H. Discussion. of ‘‘On Accounting-Based Valuation Formulae’’ and ‘‘Expected EPS and EPS Growth as Determinants of Value”. Review of Accounting Studies, Columbia University, New York, v. 10, 2005.

RAPPAPORT, A. Gerando valor para o acionista. São Paulo: Atlas, 2001.

ROSA JÚNIOR, Dustran Machado. Avaliação de empresas: um estudo em uma instituição financeira. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção) – Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2003.

SAURIN, V.; COSTA JUNIOR, N. C. A. da; ZÍLIO, A. da C. S. Estudo dos modelos de avaliação de empresas com base na metodologia do fluxo de caixa descontado: Estudo de caso. Revista Ciências da Administração, Florianópolis, v. 9, n. 18, p. 123-148, maio/ago. 2007.

SAURIN, V.; MIRANDA, A. L. P.; COSTA JUNIOR, N. C. A. Comparação dos Modelos de Avaliação de Empresas com Base no Fluxo de Caixa Descontado e no Lucro Residual: Estudo de caso de uma empresa de energia elétrica. Revista de Administração Mackenzie, São Paulo, v. 10, n. 1, p. 89113, fev. 2009.

SOUTES, D. O. et al. Métodos de avaliação utilizados pelos profissionais de investimento. Contabilidade, Gestão e Governança, Brasília, v. 11, n. 1-2, p. 1-17, 2008.

VAN HORNE, J. C. Financial management and policy. 10. ed. New Jersey: Prentice Hall, 1995.