Alinhamento estratégico com o uso de uma Metodologia Multicritério em Apoio a Decisão-MCDA Outros Idiomas

ID:
34820
Resumo:
O processo de implementação dos objetivos definidos no planejamento estratégico é um dos grandes desafios na gestão das organizações. Isto envolve o alinhamento das metas e ações nos diferentes níveis: estratégico, tático e operacional. Assim, o trabalho tem por objetivo se propõe a discutir e ilustrar o processo de alinhamento estratégico, tático e operacional numa empresa de grande porte com o auxílio de uma metodologia multicritério em apoio a decisão construtivista – MCDA-C. O método utilizado para desenvolver esta pesquisa foi descritivo conduzido através de levantamento bibliográfico e delineamento do tipo estudo de caso. Com o auxílio da metodologia MCDA-C a empresa vem, gradativamente, conseguindo harmonizar, explicitar e mensurar os interesses dos órgãos reguladores, acionistas, clientes, empregados e sociedade em geral, alinhando os esforços de todos. Com isto, nas devidas proporções, para todos os níveis hierárquicos são definidos objetivos e metas a serem alcançadas. Com este processo negociado de definição de metas, aliado a uma política de consequências, a organização conseguiu alinhar a visão estratégica com sua operacionalização, alcançando resultados consistentes em todos os níveis de planejamento.
Citação ABNT:
LUNKES, R. J.; SCHNORRENBERGER, D.; GASPARETTO, V. Alinhamento estratégico com o uso de uma Metodologia Multicritério em Apoio a Decisão-MCDA . Revista Gestão & Planejamento, v. 15, n. 3, p. 430-450, 2014.
Citação APA:
Lunkes, R. J., Schnorrenberger, D., & Gasparetto, V. (2014). Alinhamento estratégico com o uso de uma Metodologia Multicritério em Apoio a Decisão-MCDA . Revista Gestão & Planejamento, 15(3), 430-450.
Link Permanente:
http://spell.org.br/documentos/ver/34820/alinhamento-estrategico-com-o-uso-de-uma-metodologia-multicriterio-em-apoio-a-decisao-mcda--/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
AL-AMMARY, J. The strategic alignment between knowledge management and information systems strategy: The impact of contextual and cultural factors. Journal of Information and Knowledge Management. v. 13, n. 1, 2014.

ASATO, R.; SPINOLA, M. M.; COSTA, I.; SILVA, W. H. F. Alignment between the business strategy and the software processes improvement: a roadmap for the implementation. Produção, v. 21, n. 2, p. 314-322, 2011

BANA E COSTA, C. A, CHAGAS, M. P. A career choice problem: an example of how to use MACBETH to build a quantitative value model based on qualitative value judgments. European Journal of Operational Research, v. 153. p. 323-331, 2004.

BANA E COSTA, C. A, ENSSLIN, L, CORRÊA, E. C, VANSNICK, J. C. Decision support systems in action: integrated application in a multicriteria decision aid process. European Journal of Operational Research, v. 113, p. 315-335, 1999.

BANA e COSTA, C. A., ENSSLIN, L., MONTIBELLER NETO, G.N. From cognitive maps to multicriteria models. In: INTERNATIONAL CONFERENCE ON METHODS AND APPLICATIONS OF MULTICRITERIA DECISION MAKING, MONS, Bélgica, 1997. Proceedings…Mons, Bélgica, 1997b.

BANA e COSTA, C. A., ENSSLIN, L., ZANELLA, I. J. A real-world MCDA application in Cellular Telephony Systemsof In: INTERNATIONAL CONFERENCE ON MCDM, 13., 1997, Cape Town, South Africa. Proceedings… Cape Town, South Africa, 1997a.

BANA e COSTA, C. A., PIRLOT,M. Troughts on the future of the multicriteria field: Basic convictions and outline for a general methodology. Muticriteria Analysis, Springer – Verlag, Berlin, 1997.

BANA E COSTA, C. A. Processo de apoio à decisão: problemáticas, actores e ações. Escola de Novos Empreendedores– ENE/UFSC, Florianópolis, 1995a.

BARSILAI, Jonathan. On the foundations of measurement. In: IEEE INTERNATIONAL CONFERENCE ON SYSTEMS, MAN, AND CYBERNETICS, Proceedings…2001.

BENNETT, Jeffrey W. et al. Um novo modelo para implantar a estratégia. HSM Management, São Paulo, n. 26, p. 16-22, maio/jun. 2001.

CUENCA, L.; BOZA, A.; ORTIZ, A. An enterprise engineering approach for the alignment of business and information technology strategy. International Journal of Computer Integrated Manufacturing, v. 24, n. 11, 2011, p. 974-992.

CUNHA, Cristiano J. C. de Almeida. Planejamento estratégico. NEST, 2001.

ENSSLIN, L.; DUTRA, A; ENSSLIN, S. R. MCDA: A Construtivist Approach to the Management of human Resources at a Governmental Agency. International Transactions in Operational Research-ITORS, v 7. p. 79-100, 2000.

ENSSLIN, Leonardo. Avaliação e perspectivas da engenharia econômica. ENEGEP – ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO, 14., João Pessoa, Paraíba, 1994. Anais... João Pessoa, Paraíba, 1994. (V. 1)

ENSSLIN, Leonardo; MONTIBELLER NETO, Gilberto. Inferência Casual em Mapas Cognitivos; ENEGEP A0404. 1999.

ENSSLIN, Leonardo; MONTIBELLER NETO, Gilberto; NORONHA, Sandro MacDonald. Apoio à decisão: metodologias para estruturação e avaliação multicritério de alternativas. Florianópolis: Insular, 2001.

FREITAS, A.S.; FERREIRA, L.F.F.; COUTINHO, F.D.; IRIGARAY, L.A.R. Information Technology (It) Strategic Alignment: The Case of Arcelormittal Tubarão. Revista Eletrônica de Estratégia & Negócios. v 6, n. 3, 2013, p. 3-26.

GEUS, Arie de. A empresa viva. Rio de Janeiro: Campus, 1998.

GROGAARD, B. Alignment of strategy and structure in international firms: An empirical examination. International Business Review. v. 2, n. 3, , p. 397-407, 2012.

HICKS, K.; MOSELEY, J.L. Developing and executing strategy: Using the balanced scorecard for alignment and accountability. Performance Improvement, v. 50, n. 8, p.41-47, 2011.

KAPLAN, Robert S. Mensurando e administrando a lucratividade da sua estratégia. Portal do HSM, 11 mar. 2008. Entrevista concedida no Fórum Mundial da Lucrativida

KAPLAN, R. S.; NORTON, D. P. A estratégia em ação– Balanced Scorecard. 7. ed. Rio de Janeiro: Campus, , 1997.

KAPLAN, R. S.; NORTON, D. P. Alinhamento: usando o Balanced Scorecard para criar sinergias corporativas. Rio de Janeiro: Elsevier, 2006.

KAPLAN, R. S.; NORTON, D. P. Mapas estratégicos: convertendo ativos intangíveis em resultados tangíveis. Rio de Janeiro: Campus, 2004

KAPLAN, R. S.; NORTON, D. P. Organização orientada para a estratégia. Rio de Janeiro: Campus, 2001.

KEENEY, Ralph L. Value-focused thinking: a path to creative decisionmaking. Harvard University Press, 1992.

LANDRY, M. A. A note on the concept of ‘problem’. Quebec: Organizations Studies, n. 16, p. 2315-2343, 1995.

LANDRY, M.; BANVILLE, C.; e ORAL M. Legitimacy of model in operations research. European Journal of Operational Research,v. 92, p. 443-457, 1996.

LEONARD, Dorothy e STRAUS, Susan. Aproveitando todoo cérebro de empresa. In: SERRA, Afonso Celso da Cunha. Gestão do conhecimento. Rio de Janeiro: Campus, 2001.

LIGHTFOOT, H.W.; GEBAUER, H. Exploring the alignment between service strategy and service innovation. Journal of Service Management. v. 22, n. 5, p. 664-683, 2011.

MARINHO, S.V.; CAGNIN, C. The roles of FTA in improving performance measurement systems to enable alignment between business strategy and operations:Insights from three practical cases. Futures, v. 59, p. 50-61, 2014.

MARTINS, R.; SOUZA FILHO, O.; PEREIRA, S. C. F. Alinhamento estratégico nas cadeias de suprimento da indústria automobilística brasileira. REAd. Revista Eletrônica de Administração, v. 18, n. 3, p. 581-606, 2012.

MCCAUGHEY, K. G.; GALAVIZ, M. E. Strategy alignment boosts business results and employee satisfaction at Sandia National Laboratories. Global Business and Organizational Excellence. v. 30, n. 5, p.19-34, 2011.

McGRATH, J. E. Dillematics the study of research choices and dilemmas. In: McGRATH J. E.; MARTIN, J.; KULKA, R. A. Judgement calls in research. Beverly Hills: Sage, 1982.

MITROFF, Ian. Tempos difíceis, soluções inovadoras. Rio de Janeiro: Campus, 1999.

MOORI, R. G.; KIMURA, H. Strategic Alignment ThroughCompetitive Priorities In Capital Goods Companies. Revista de Administração FACES Journal, v. 13, n. 1, p. 66-82, 2014.

O'REILLY, C. A.; CALDWELL, D. F.; CHATMAN, J. A.; LAPIZ, M.; SELF, W. How leadership matters: The effects of leaders' alignment on strategy implementation. Leadership Quarterly, v. 21, n. 1, p. 104-113, 2010.

PETRI, S. M. Modelo para apoiar a avaliação das abordagens de gestão de desempenho e sugerir aperfeiçoamentos: sob a ótica construtivista. Florianópolis. 2005. Tese (Doutorado em Engenharia de Produção) Universidade Federal de Santa Catarina, 2005.

PORTER, Michael E. Estratégia competitiva. Rio de Janeiro: Campus, 1985.

QRUNFLEH, S.; TARAFDAR, M.; RAGU-NATHAN, T.S. Examining alignment between supplier management practices and information systems strategy. Benchmarking, v. 19, n. 4, p. 604-617, 2012.

RASHIDIRAD, M.; SOLTANI, E.; SYED, J. Strategic Alignment Between Competitive Strategy and Dynamic Capability: Conceptual Framework and Hypothesis Development. Strategic Change, v. 22, n. 3-4, p. 213-224, 2013.

RAYMOND, L.; CROTEAU, A.M. Manufacturing strategy and business strategy in medium-sized enterprises: Performance effects of strategic alignment. IEEE Transactions on Engineering Management, v. 56, n. 2, p. 192-202, 2009,.

REZENDE, J. F. C.; FONTES FILHO, J. R. Indutores dealinhamento estratégico: comparações preliminares sobre valor entre empresas de capital privado e empresas estatais no Brasil. Revista de Administração Pública, v. 47, n. 3, p. 695-720, 2013.

REZENDE, J. F.; NOGUEIRA, A. R. R. Alinhamento estratégico e balanceamento da performance: um estudo a partir da percepção de gerentes de agências bancárias. Revista ADM.MADE, v. 16, n. 3, p. 37-59, 2012.

REZENDE, José Francisco. Balanced scorecard e a gestão do capital intelectual: encontrando a performance balanceada na economia do conhecimento. Rio de Janeiro: Campus, 2003.

ROY, B. Decision science or decision-aid science? European Journal of Operational Research. Vol. 66, p.184-203, 1993.

ROY, Bernard. Multicriteria methodology for decision aiding. Kluwer Academic Publischer, 1996.

ROY, B. Multicriteria methodology for decision aiding. Kluwer Academic Publischer, 1996.

SENFF, C. O.; COMPAGNONI, U. M.; BENDLIN, L. Mensuração do grau de alinhamento estratégico: um estudo de caso. REBRAE. Revista Brasileira de Estratégia. v 7, n. 2, 2014, p. 120-136.

SENGE, Peter M. A quinta disciplina. 6. ed. São Paulo: Best Seller, 2000.

SENGE, Peter M. et al. A quinta disciplina – a dança das mudanças. 2. Ed. Rio de Janeiro: Campus, 2000.

TONOLLI JÚNIOR, E. J.; BRODBECK, F.; COSTA, C. A. Análise das relações dos elementos de alinhamento estratégico entre negócio e tecnologia da informação com o processo de desenvolvimento de produto. Revista de Administração Mackenzie, v. 13, n. 2, p. 135-170, 2012.

TRIVIÑOS, A. N. S. Introdução à pesquisa em ciências sociais. São Paulo: Atlas. 1992.

VAN MANEN, J. Researching lived experience: human science for an action sensitive pedagogy. London: State University of New York Press, 1990.

ZANON, C. J.; ALVES, A. G.; JABBOUR, C. J. C.; JABBOUR, A.B.L.D. Alignment of operations strategy: exploring the marketing interface. Industrial Management & Data Systems, v. 113, n. 1-2, p. 207-233, 2013