Formação das competências do estrategista: um estudo dos oficiais da polícia militar Outros Idiomas

ID:
40330
Resumo:
Este trabalho tem por objetivo identificar como são formadas as competências do principal agente estratégico da organização, denominado “o estrategista”. O enfoque conceitual se concentra nos trabalhos de Fleury e Fleury (2001) e de Ruas (2008), em relação às competências, e Whittington (1992, 2004) para proposições a respeito de estratégia. Enquanto postura metodológica, assumiu-se uma abordagem qualitativa, com apoio na história oral, instrumentalizada por entrevista sem profundidade. Participaram da pesquisa 11 oficiais da Polícia Militar do Estado de São Paulo. Quanto aos resultados, depreendeu-se que a formação do estrategista está fortemente vinculada à formação militar, ainda que importantes aspectos se originem nas relações familiares e escolares, consolidando valores que irão balizar suas ações e posturas no decorrer da vida.
Citação ABNT:
FERNANDES, C. A.; VENELLI-COSTA, L.; VIEIRA, A. M.; AMORIM, W. A. C. Formação das competências do estrategista: um estudo dos oficiais da polícia militar. Revista de Carreiras e Pessoas, v. 4, n. 1, p. 52-69, 2014.
Citação APA:
Fernandes, C. A., Venelli-costa, L., Vieira, A. M., & Amorim, W. A. C. (2014). Formação das competências do estrategista: um estudo dos oficiais da polícia militar. Revista de Carreiras e Pessoas, 4(1), 52-69.
Link Permanente:
http://spell.org.br/documentos/ver/40330/formacao-das-competencias-do-estrategista--um-estudo-dos-oficiais-da-policia-militar/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português