Fatores associados ao desenho dos sistemas de controle gerencial Outros Idiomas

ID:
42295
Resumo:
Com o objetivo de identificar os fatores associados ao desenho do Sistema de Controle Gerencial, foram analisados os paradigmas predominantes da contabilidade gerencial, como definidos pelo International Federation of Accountants (IFAC). Considerou-se, na análise, além dos paradigmas, o setor da economia e o faturamento bruto de 94 empresas da região sul do Brasil. Os resultados, obtidos a partir da análise de homogeneidade (HOMALS), sugerem que empresas industriais com maior faturamento têm maiores possibilidades de adotarem práticas que posicionam seus sistemas de controle para o paradigma da geração de valor, se comparadas às empresas comerciais ou de serviços (terceiro e quarto estágios). Também foi percebido que as empresas do setor de serviços estão mais associadas a práticas de controle consideradas tradicionais (primeiro e segundo estágios). Identificou-se a tendência de empresas comerciais com maior faturamento adotarem como paradigma da contabilidade gerencial a redução dos desperdícios dos recursos de produção (terceiro estágio). Isoladamente, as variáveis setor e porte das empresas não foram suficientes para explicar a relação com a adoção de determinada prática de contabilidade gerencial. De forma geral, o estudo contribui na reflexão sobre os fatores que induzem as práticas de controle que explicam o desenho do SCG adotado pelas empresas.
Citação ABNT:
MENDES, A. C. A.; LUNKES, R. J.; SCHNORRENBERGER, D.; GASPARETTO, V.; KRUGER, S. D. Fatores associados ao desenho dos sistemas de controle gerencial . Enfoque Reflexão Contábil, v. 35, n. 2, p. 87-103, 2016.
Citação APA:
Mendes, A. C. A., Lunkes, R. J., Schnorrenberger, D., Gasparetto, V., & Kruger, S. D. (2016). Fatores associados ao desenho dos sistemas de controle gerencial . Enfoque Reflexão Contábil, 35(2), 87-103.
DOI:
10.4025/enfoque.v35i2.30938
Link Permanente:
http://spell.org.br/documentos/ver/42295/fatores-associados-ao-desenho-dos-sistemas-de-controle-gerencial-/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
ABDEL-KADER; M.; LUTHER, R. G. Advances in Management Accounting, v. 15, p. 237-256, 2006.

ABDEL-KADER; M.; LUTHER, R. G. The impact of firm characteristics on management accounting practices: A UK-based empirical analysis. The British Accounting Review, v. 40, p. 2-27, 2008.

ACQUAAH, M. Management control systems, business strategy and performance: A comparative analysis of family and non-family businesses in a transition economy in subSaharan Africa. Journal of Family Business Strategy, v. 4, pp. 131-146, 2013.

AGUIAR, A. B.; FREZATTI, F. Escolha apropriada da estrutura de um sistema de controle gerencial: uma proposta de análise. In: CONGRESSO ANPCONT, 1.; 2007, Ribeirão Preto. Anais... Ribeirão Preto: ANPCONT, 2007.

AGUIAR, A. B.; FREZATTI, F. Sistema de controle gerencial e contextos de processo de estratégia: contribuições da teoria da contingência. In: CONGRESSO DE CONTROLADORIA E CONTABILIDADE DA USP, 7.; 2007, São Paulo. Anais... São Paulo: USP, 2007.

AGUIAR, A. B.; PACE, E. S. U.; FREZATTI, F. Análise do Inter-relacionamento das Dimensões da Estrutura de Sistemas de Controle Gerencial: um Estudo Piloto. Revista de Administração Contemporânea, v. 3, n. 1, p. 1-21, 2009.

ANTHONY, R. N. Planning and control systems: framework for analysis. Boston (Division of Research). Harvard University, 1965.

ANTONOVZ, T.; PANUCCI FILHO, L.; ESPEJO, M. M. S. B. Nível de aderência dos artefatos de contabilidade gerencial sob a perspectiva do ciclo de vida organizacional: um estudo de caso. Enfoque: Reflexão Contábil, v. 29, n. 2 p. 40-52, 2010.

BEUREN, I. M.; ERFURTH, A. E. Pesquisa em contabilidade gerencial com base no futuro realizada no Brasil. Contabilidade, Gestão e Governança, v. 13 , n. 1, p. 44-58, 2010.

BHIMANI, A. Management Accounting: European Perspectives. Oxford University Press, 1996.

BURNS, J.; SCAPENS, R. W. Conceptualizing management accounting change: an institutional framework. Management Accounting Research, v. 11, p. 3-25, 2000.

CHENHALL, R. H.; LANGFIELD-SMITH, K. The relationship between strategic priorities, management techniques and management accounting: an empirical investigation using a systems approach. Accounting, Organizations and Society, v. 23, n. 5, p. 243-264, 1998.

CHENHALL, R. H. Management control systems design within its organizational context: findings from contingency-based research and directions for the future. Accounting, Organizations and Society, v. 28, n. 2, p. 127-168, 2003.

DAVILA, A.; FOSTER, G.; NING, J. (2015). The Valuation of Management Control Systems in Start-Up Companies: International Field-Based Evidence. European Accounting Review, v. 24, n. 2, p. 207-239, 2015.

DAVILA, T. (2005). An exploratory study on the emergence of management control systems: formalizing human resources in small growing firms. Accounting Organizations and Society, v. 30, n.3, p. 223-248, 2005.

ESPEJO, M. M. S. B.; CRUZ, A. P. C.; COSTA, F. ALMEIDA, L. B. Revista de Contabilidade e Organizações, v. 3, n. 5, p. 25-43, 2009.

FÁVERO, L. P.; BELFIORE, P.; SILVA, F. L.; CHAN, B. L. Análise de dados: modelagem multivariada para tomada de decisões. Rio de Janeiro: Elsevier, 4 ed.; 2009.

FERREIRA, A.; OTLEY, D. Exploring inter and intra-relationships between the design and use of management control system. Working Paper Series, Social Science Research Network, 2006.

GONZAGA, R. P.; DA LUZ, A. T. M.; GUIMARÃES, T. N.; VALERIO JR, V. B. Associação entre práticas de contabilidade gerencial e tamanho das empresas: um estudo empírico. In: CONGRESSO ANPCONT, 8.; 2010, Natal. Anais... Natal: ANPCONT, 2010.

GUERREIRO, R. CORNACHIONE JR, E. B.; SOUTES, D. O. (2010). A utilização de artefatos modernos de contabilidade gerencial por empresas brasileiras. In: ENCONTRO DA ANPAD, 34.; 2010, Rio de Janeiro. Anais... Rio de Janeiro: ANPAD, 2010.

GUERREIRO, R.; FREZATTI, F.; CASADO, T. Em busca de um melhor entendimento da contabilidade gerencial através da integração de conceitos de psicologia, cultura organizacional e teoria institucional. Revista de Contabilidade e Finanças, v. 17, n. 3, p. 7-21, 2006.

HALDMA, T.; KERTU LÄÄTS, K. Contingencies influencing the management accounting practices of Estonian manufacturing companies. Management Accounting Research, v. 13, p. 379-400, 2002.

INSTITUTE OF MANAGEMENT ACCOUNTANTS - IMA. Practice of management accounting: Definition of Management Accounting, 2008.

INTERNATIONAL FEDERATION OF ACCOUNTANTS - IFAC. International management accounting practice 1 (IMAP1), 1998.

ITTNER, C. D.; LARCKER, D. F. Assessing empirical research in managerial accounting: a value-based management perspective. Journal of Accounting and Economics, v. 32, p. 349-410, 2001.

MEYER, J. W.; ROWAN, B. Institutionalized Organizations: Formal Structure as Myth and Ceremony. The American Journal of Sociology, v. 83, n. 2, p. 340-363, 1977.

MILLER, D.; FRIESEN, P. H. A Longitudinal Study of the Corporate Life Cycle. Management Science, v. 30, n. 10, p. 1161-1183, 1984.

MOORES, K.; YUEN, S. Management accounting systems and organizational configuration: a life-cycle perspective. Accounting, Organizations and Society, v. 26, 4/5, p. 351-389, 2001.

MUNDY, J. Creating dynamic tensions through a balanced use of management control systems. Accounting, Organizations and Society, vol. 35, pp. 499-523, 2010.

NARANJO-GIL, D.; HARTMANN, F. Management accounting systems, top management team heterogeneity and strategic change. Accounting, Organizations and Society. vol. 32, pp. 735-756, 2007.

NASCIMENTO, C. P. S.; OLIVEIRA, T. E.; PETER, M. G. A. O ensino dos artefatos de contabilidade gerencial nos cursos de graduação em ciências contábeis. In: CONGRESSO ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS CONTABILISTAS DAS ENTIDADES DE PREVIDÊNCIA - ANCEP, 6.; 2012, São Paulo. Anais... São Paulo: ANCEP, 2012.

OTLEY, D. Management control in contemporany organizations: towards a wider framework. Management Accounting Research, v. 5, p. 289-299, 1994.

OYADOMARI, J. C.; MENDONÇA NETO, O. R.; CARDOSO, R. L.; LIMA, M. P. Fatores que influenciam a adoção de artefatos de controle gerencial nas empresas brasileiras. Um estudo exploratório sob a ótica da teoria institucional. Revista de Contabilidade e Organizações, v. 2, n. 2, p. 55-70, 2008.

REIS, A. M.; TEIXEIRA, A. J. C. Utilização de artefatos de contabilidade gerencial nas sociedades cooperativas agropecuárias de Minas Gerais e sua relação com porte e desempenho financeiro. Revista de Educação e Pesquisa em Contabilidade REPeC, v. 7, n. 4, p. 355-371, 2013.

SCAPENS, R. W. Never mind the gap: towards an institutional perspective of management accounting practices. Management Accounting Research, v. 5, n. 3, p. 301-321, 1994.

SHIELDS, M. D. Management accounting practices in Europe: a perspective from the States. Management Accounting Research, v. 9, p. 501-513, 1998.

SIMONS, R. The role of management control systems in creating competitive advantage: News perspectives. Accounting, Organizations and Society, v. 15, n. 1, p. 127-143, 1990.

SOUTES, D. O. Uma investigação do uso de artefatos da contabilidade gerencial por empresas brasileiras. Dissertação (Mestrado em Controladoria e Contabilidade), Universidade de São Paulo, Faculdade de Economia e Administração, São Paulo, FEA, 2006.

SULAIMAN, M.; AHMAD, N. N. ALWI, N. Management accounting practices in selected Asian countries. Managerial Auditing Journal, v. 19, n. 4, p. 493-508, 2004.

TEIXEIRA, A, J. C.; GONZAGA, R. P.; SANTOS, A. V. S. M.; NOSSA, V. A utilização de ferramentas de contabilidade gerencial nas empresas do estado do Espírito Santo. Brazilian Business Review, v. 8, n. 3, p. 108-127, 2011.

ZUCCOLOTTO, R.; SILVA, G. M.; EMMENDOERFER, M. L. Limitações e possibilidades de compreensão da utilização das práticas de contabilidade gerencial por perspectivas da teoria institucional. Revista de Administração e Contabilidade da Unisinos - BASE, v. 7, n. 3, p. 233-246, 2010.