Percepção de justiça na avaliação na avaliação de desempenho e satisfação do trabalho Outros Idiomas

ID:
42850
Resumo:
O estudo objetiva investigar a relação da percepção de justiça organizacional com a avaliação de desempenho e satisfação no trabalho dos empregados. Pesquisa descritiva foi realizada a partir de um levantamento em uma cooperativa agropecuária que adota sistema de remuneração variável aos seus empregados. A amostra constituiu-se de 110 respondentes de um total de 325 empregados, sendo que 108 questionários foram aproveitados. Na análise dos dados, utilizou-se estatística descritiva e inferencial, além de modelagens de equação estrutural. Os resultados mostram que a forma como os empregados percebem a avaliação de desempenho, como a empresa distribui salários e lucros, e como os gestores tomam decisões e interagem com os indivíduos afetados está mais associada com a satisfação no trabalho do que com a forma como os processos são executados. Conclui-se que a percepção das três dimensões de justiça organizacional na avaliação de desempenho pode melhorar a satisfação no trabalho e que os resultados validaram o modelo estrutural desta pesquisa.
Citação ABNT:
VESCO, D. G. D.; BEUREN, I. M.; POPIK, F. Percepção de justiça na avaliação na avaliação de desempenho e satisfação do trabalho . Enfoque Reflexão Contábil, v. 35, n. 3, p. 121-138, 2016.
Citação APA:
Vesco, D. G. D., Beuren, I. M., & Popik, F. (2016). Percepção de justiça na avaliação na avaliação de desempenho e satisfação do trabalho . Enfoque Reflexão Contábil, 35(3), 121-138.
DOI:
10.4025/enfoque.v35i3.28333
Link Permanente:
http://spell.org.br/documentos/ver/42850/percepcao-de-justica-na-avaliacao-na-avaliacao-de-desempenho-e-satisfacao-do-trabalho-/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português